terça-feira, 8 de março de 2011

DIA INTERNACIONAL DA MULHER


          Estou escrevendo estas parcas linhas não porque só agora eu tenha lembrado do Dia Internacional da Mulher. Falar, escrever, sistematizar sobre a Mulher é um assunto riquíssimo! Lembro que tive boa parte deste dia dedicado àquela que é minha progenitora, a minha Mãe... E ao final da tarde levei-a para o campo onde ela reside. Estive também o dia todo do feriado de carnaval junto com a companheira, minha esposa...
          Gostaria de dizer que vós Mulheres - minha Mãe incansável, minha Esposa exemplar, minhas Filhas maravilhosas, minha Neta única e especial, minhas Irmãs queridas, Minha Sogra adorada (de saudosa memória), minhas Avós amadas..., minhas Tias inesquecíveis, minhas Primas inseparáveis, minhas Amigas verdadeiras, minhas Colegas de Trabalho, minhas Vizinhas prestimosas, minha Presidenta inédita, dentre tantas outras... fazeis toda a diferença em minha vida, porque sois a outra metadde da humanidade que oportunizou o desenvolvimento da História das Civilizações. Vós sois tão importantes quanto os homens na caminhada e conquistas humanas ou muito mais! Só precisamos que vós vos manifesteis com a luz que possuís, que tenhais acesso aos direitos plenos, à vida completa, com todo o respeito de que sois dignas, sem ficardes submidas aos lugares para onde os homens vos restringiram historicamente! Que todos os dias, que todos os lugares e que todos os direitos sejam de igual modo vossos sempre! Vós não precisais de palavrório bonito, meloso e fantasioso... Vós precisais é de atos e fatos, que reconheçam vosso real lugar na História, aqui, agora, no cotidiano e no contexto onde vos encontrais, na Família, nos novos arranjos relacionais, com vossos filhos e filhas, enteados, criados... com todos e todas!

Filhas: Thalyta e Evelyn (25.02.11).

Quatro gerações:
Evelyn, Eponina, Ana Clara
e Itamara (Três Passos, 02/2011).






2 comentários:

FERNANDA disse...

Realmente singela as suas palavras Professor! Concordo mais ainda quando colocas: "Vós não precisais de palavrório bonito, meloso e fantasioso... Vós precisais é de atos e fatos"...e isso as mulheres tem de sobra! Com toda garra fazem de seus atos, os fatos historicos a serem relembrados e tomados como fontes de inspiração a muitos...
PARABENS POR ESSE ESPAÇO NO BLOG...

SERGIO BUCCO disse...

Olá, Fernanda, companheira de caminhada e de luta!
Obrigado por acompanhar nossos rabiscos brotados do coração!
Sempre que puder retorne...
Abjçs!
Sergio Bucco