sábado, 30 de outubro de 2010

ALMA LAVADA PELA SENSAÇÃO DO DEVER CUMPRIDO!!!...

Um dia!!!
Uma caminhada!!!
Muitos encontros!!!
Receptividade!!!
Férteis diálogos!!!
Prontidão!!!
Bastante entendimento!!!
Disponbibilidade!!!
Abundante contribuição!!!
Sobejar de esperança!!!
Reação às mentiras!!!
Busca da verdade!!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

FAXINAL SAUDADE DE SANTA ANITA - TURVO - PR

Mística de abertura...
Distante 127 km de Candói, a 1ª série da CFR passou o dia em Visita de Estudo ao Faxinal Saudade de Santa Anita, no município do Turvo. Foram meses de planejamento, contatos e finalmente solicitação de um ônibus do transporte municipal para realizarmos esta viagem da CFR, cujo objetivo era poder contemplar diversos temas de estudo pedagógico.
Passando pela cidade de Turvo o nosso guia foi o companheiro faxinalense Reginaldo, que trabalha tanto no Faxinal como na cidade junto à AGAECO (Associação dos Grupos de Agricultura Ecológica de Turvo). Este rapaz conhecemos em algumas etapas do Curso de Educadores Populares do Instituto Equipe (IEEP), de Irati - PR. No Faxinal fomos recebidos por algumas famílias que nos acolheram com uma mística que tinha como elementos a Bíblia e produtos da terra. Como "tira gosto" foi nos servido amendoím torrado, o que aliás caiu muito bem. As pessoas presentes se desculparam por diversos moradores que estariam conosco neste dia, porém precisavam aproveitar o tempo de plantio.

Apresentação do Faxinal
Saudade de Santa Anita.
Enquanto isto outras pessoas da comunidade iam discorrendo sobre a origem dos faxinais, sua luta por reconhecimento, por visibilidade e garantia de direitos legais. Falaram sobre sua opção pela Agroecologia, o Sistema Silvopastoril, a Biodiversidade (plantio de subsistência, cultivo de erva mate, florestas de araucária, etc, plantas medicinais, hortaliças) e a criação de porcos de raças antigas. Apresentaram sua Agroindústria que tem por base produtos panificados, queijos, doces. E finalmente falaram sobre sua parcipação em Feiras Agroecológicas de Guarapuava e de Turvo, juntamente com Agroecologistas de outros municípios. Na área da medicina alternativa ainda foi nos relatado sobre as terapias do sistema Bio Saúde através de pessoas formadas da comunidade.

Almoço... Hummmmmmm!!!
Almoçando...
Ao meio-dia foi nos servido um almoço com produtos do campo, alimentos produzidos no faxinal. Havia alface, repolho, macarrão, arroz, feijão, carnes de porco e de galinha, acompanhados com suco de limão. Tudo preparado com muito esmero, com carinho e cuidado. Saboroso! Todos/as se fartaram. Até alguém que tinha passado por um mal estar... comeu e passou bem. 
À tarde fomos visitar uma horta junto à casa onde primeiro fomos recebidos. A seguir, andando por uma trilha em meio à mata, visitamos uma proteção de fonte que serve água potável para algumas das famílias da área. Depois fomos até a casa da mãe e do pai do Reginaldo, onde vimos um resfriador comunitário de leite (adquirido através do Programa Paraná 12 Meses). Fomos também até uma plantação de ervas medicinais, em seguida ao secador da comunidade e à sua horta.

Pela trilha retornando
da proteção de fonte.
Aqui assinamos um livro de registro da visita ao Faxinal. Em seguida fizemos os agradecimentos pela significativa recepção que tivemos, pelo testemunho de resistência, quando o 'mundo' ao redor quer ver suas florestas no chão, seu modo de vida comunal destruído, seu povo esvasiando a terra e indo para a periferia das cidades. Pelo testemunho de trabalho, de organização e de luta deste povo, que busca a sustentabilidade, a biodiversidade, a preservação dos seus valores culturais e do meio ambiente.
Maioria do grupo de
educandos e educadores...
Visitar este faxinal foi voltar no tempo e reconhecê-lo como um espaço de criatividade e múltiplas possibilidades que tem por base os aspectos social, espiritual e econômico. Estar neste faxinal foi alimentar os olhos com a exuberância da vegetação. Fazer comunhão com este povo é entender sua mística como um sinal de respeito e cuidado pela obra de Deus. Em fim, estar neste faxinal é um retirar-se para conviver com um projeto de vida!

Agroindústria de panificação
onde a comunidade tem
mais uma fonte de renda.

Em casa de Reginaldo ouvindo
as explicações da organização
e economia local.

 

Plantação de ervas medicinais
(aqui alcachofra, logo acima capim limão).

Secador de ervas medicinais.
Note que Jankiel não quer apenas o chá,
mas devorar as folhas...

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ORIENTAÇÃO ÀS EDUCANDAS E EDUCANDOS DAS ESCOLAS

Arma do atentado violento em SP.
Deverasmente é muita grosseria jogar objetos nas pessoas, sejam água, torta, tomate, ovos, bexiga cheia dágua, bolinhas de papel... Muito pior se for feito contra pessoas mais velhas (eu, por exemplo ficaria transtornado se fizessem isto contra mim). Pois isto pode causar danos irreversíveis. Pode, sem dúvida nenhuma, causar traumatismo craniano. E depois tem que ser feito um exame chamado tomografia computadorizada, que é um exame muito caro!
Pois bem, nossos alunos, como são chamados comumente os nossos educandos, têm o costume de arrancar folhas dos cadernos ou pegar folhas de provas, avaliações, embolar e fazer guerra uns contra os outros. Isto tem algumas implicâncias sócio-ambientais com as quais trabalho a muitos anos:
a) As folhas podem ser aproveitadas na sequência depois que cometemos um erro de escrita, etc., sem precisarem ser arrancadas.
b) Folhas de provas, avaliações, podem ser reaproveitadas no verso.
c) Jogar papéis embolados não é uma atitude que corresponda às boas maneiras.
d) Arremessar bolinhas de papel pode causar traumatismo craniano...
f) Nossas educandas e educandos que estudam em escolas públicas não tem muitos recursos econômicos.
g) Logo, não teriam condições de pagar um exame de tumografia computadorizada em uma clínica particular.
h) Fazer este exame no SUS é muito demorado, tem que esperar na fila, enquanto isto a pessoa traumatizada pode ter seu quadro agravado e ir a óbito.
i) De qualquer modo isto é um crime gravíssimo e não combina de modo algum com uma filha/o de trabalhadores que sabe quanto custa um vintém!
j) E para não ficarmos só na "onda verde", lembramos que podemos ser mais práticos e o meio ambiente agradece se fizermos reaproveitamento do verso das folhas de papel e depois disto, ao invés de arremessá-los às cabeças descalvadas, devem ser enviados para a reciclagem!                               

No endereço a seguir podem ser encotradas frases divertidas sobre o episódio da bolinha de papel AQUI.

sábado, 23 de outubro de 2010

Da educação que temos para a sociedade que queremos

Há décadas ouvimos o discurso de que é preciso melhorar a qualidade da educação no Brasil, de que essa qualidade é essencial para o desenvolvimento do país etc. Hoje, vários programas públicos, assim como movimentos da sociedade civil, carregam esta bandeira, mas o que é, afinal, esta qualidade? Que qualidade queremos? Por Rubens Salles Leia esta pertinente matéria AQUI.

ENTENDIMENTOS SOBRE O FAZER POLÍTICA


"Mãos na Massa"!
 Há alguns entendimentos no ar, no chão da realidade, diante de nossos olhos... sobre o Bicho Homem e a Política Local, Regional e Nacional.

Alguns políticos só querem 'o poder pelo poder', sem nenhuma proposta consistente de governança!

Outros só querem o poder para manter o status quo!

A política é para muitos apenas 
 um meio de ganhar dinheiro.

Alguns desejam estar sempre pendurados em 'galhos partidários' para se darem bem em qualquer situação!

Outros 'vendem a alma ao demo' para defender interesses de uma elite retrógrada e suicida!


Nepotismo...

Alguns lutam a todo custo pelo poder porque vêem nele unicamente a possibilidade de se locupretarem com os bens que deveriam estar a serviço de todo Povo!


Outros são "centristas" levados por toda sorte de ventos, por isso são presas fáceis da "direita raivosa", de interesses pequeno-burgueses e mesquinharias egoístas!  Se prestam com facilidade a "papagaios de pirata" (e observem que não estou elogiando nem os papagaios nem os piratas)!


Legislação em causa própria...
Alguns outros devido ao alto de seus pedestais e  à sua visão fechada, cristalizada, conservadora... vão simplesmente nos taxar de sonhadores, xiítas, cegos, dirigidos por outrem...
Alguns segmentos populares
não se sentem contemplados
na democracia via sistema eleitoral.





Deixemos eles na sua! Temos consciência de quem somos (quase nada!) e de nossa responsabilidade (pequena, mas gigante quando somada às de outras pessoas) com a História e o futuro da humanidade planetária!

AMBIENTALISTAS, VERDES, CIDADADANIA... EM FAVOR DE DILMA

Militantes verdes franceses lançam manifesto de apoio a Dilma: "Prestemos bastante atenção ao seguinte: José Serra não é um social democrata de centro. Por trás dele, a direita brasileira vem mobilizando tudo o que há de pior em nossas sociedades: preconceitos sexistas, machistas e homofóbicos, junto com interesses econômicos os mais escusos e míopes. A direita sai do porão. Não permitamos que o voto libertário em Marina Silva paradoxalmente se transforme em uma catástrofe para as mulheres, para os direitos humanos e para os direitos da natureza!", diz documento assinado por ativistas como José Bové e Dany Cohn Bendit em apoio à candidatura de Dilma Rousseff. Para ler todo o artigo em Carta Maior AQUI

Dias que condensam décadas: O ódio deles tem razão de ser. E seus métodos, é lamentável dizer, tinham de ser esperados por nós. Era previsível que agissem assim. Esperamos uma direita civilizada, ao contrário de tudo que nos diz nossa história. Se tivéssemos compreendido isso no primeiro turno, deveríamos ter nos mobilizado e nos preparado para a hipótese do 2º turno. Estamos vivendo aqueles dias que condensam décadas. Dias que decidem o destino da Nação e do povo brasileiro. Os militantes têm que ganhar as ruas. As pesquisas têm indicado uma consolidação da preferência do povo brasileiro. Isso, no entanto, não nos autoriza a descansar um minuto que seja. O artigo é de Emiliano José. Para ler todo o artigo em Carta Maior AQUI

Uma nova liberdade no horizonte do Brasil: O governo Lula representou o rompimento com mais de 500 anos de história política, de forte enraizamento cultural, de preconceitos sólidos. Saberemos ser uma nação civilizada? Como viveremos sem os pobres? Quem trabalhará em nossas cozinhas, em nossas fazendas com baixos salários e diárias? Como faremos nossas caridades, quem necessitará da nossa piedade? Que privilégios teremos sendo todos tão semelhantes, tão iguais? Como conviver sem a superioridade dos sobrenomes nas universidades, nas profissões, nas ciências, na política? Como compartilhar espaços de convivência, antes tão restritos, nos aviões, nos hotéis, nos cinemas, nos teatros e nos palácios? O artigo é de Humberto Oliveira. Para ler todo o artigo em Carta Maior AQUI

De sonhos e pesadelos: Por Emir Sader - Circulou muito o editorial do Brasil de Fato, que desemboca no diagnóstico: Dilma não é o governo dos nossos sonhos. Serra é o governo dos nossos pesadelos. Neste momento ninguém de esquerda pode ficar alheio à disputa do segundo turno. Para ler todo o artigo em Carta Maior  AQUI

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

VISITE O BLOG OLHOS DO SERTÃO E ASSISTA BOFF, CHICO BUARQUE...

Visite o Blog Olhos do Sertão, do Luis Moreira de Oliveira Filho,
Professor, Educador, Político, Nacionalista, patriota, Amante do ser humano e da Natureza,
e assista o vídeo em que falam Leonardo Boff, Chico Buarque de Holanda, dentre outros... aqui:

 
"Se com Lula a esperança venceu o medo, com Dilma a verdade vai vencer a mentira".
Leonardo Boff

É sintomático de alguns segmentos sociais o que temos ouvido e visto sobre nós, os eleitores e as eleitoras da candidata a Presidente Dilma Rousseff. Dizem que seus Eleitores são "pobres", "analfabetos", "ignorantes", etc. Não nos parece verdadeiro tal preconceito, visto que estamos rodeados de tantas pessoas emancipadas socialmente, culturalmente, politicamente, economicamente, ambientalmente..., se é que assim podemos nos expressar. Mas dai que os pobres, os analfabetos, os beneficiados com o 'bolsa família', dentre outros, encontrem uma identificação política com Dilma Rousseff, é muito bom! Muito melhor do que serem decepados pela motosserra ou marginalizados à própria sorte! Ainda bem que eles encontram em Dilma Rousseff uma tábua de salvação e uma saida digna para a cidadania brasileira! Viva Dilma! Viva o Povão!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Manifesto de artistas e intelectuais Pró-Dilma

Leonardo Boff, Chico Buarque de Holanda, Oscar Niemeyer, Beth Carvalho, Marieta Severo...

Chico Buarque de Holanda.
Nós, que no primeiro turno votamos em distintos candidatos e em diferentes partidos, nos unimos para apoiar Dilma Rousseff.
Fazemos isso por sentir que é nosso dever somar forças para garantir os avanços alcançados. Para prosseguirmos juntos na construção de um país capaz de um crescimento econômico que signifique desenvolvimento para todos, que preserve os bens e serviços da natureza, um país socialmente justo, que continue acelerando a inclusão social, que consolide, soberano, sua nova posição no cenário internacional.
Um país que priorize a educação, a cultura, a sustentabilidade, a erradicação da miséria e da desiguladade social. Um país que preserve sua dignidade reconquistada.
Entendemos que essas são condições essenciais para que seja possível atender às necessidades básicas do povo, fortalecer a cidadania, assegurar a cada brasileiro seus direitos fundamentais.
Entendemos que é essencial seguir reconstruindo o Estado, para garantir o desenvolvimento sustentável, com justiça social e projeção de uma política externa soberana e solidária.
Entendemos que, muito mais que uma candidatura, o que está em jogo é o que foi conquistado.
Por tudo isso, declaramos, em conjunto, o apoio a Dilma Rousseff. É hora de unir nossas forças no segundo turno para garantir as conquistas e continuarmos na direção de uma sociedade justa, solidária e soberana.

Leonardo Boff
Chico Buarque de Holanda
Oscar Niemeyer
Aderbal Freire Filho – diretor de teatro
Alcides Nogueira - dramaturgo e roteirista
Alcione – cantora
Aldir Blanc – compositor e escritor
Álvaro Caldas - jornalista
André Klotzel - cineasta
André Luiz Oliveira – cineasta
Anne Pinheiro Guimarães - cineasta
Antonio Grassi - ator
Argemiro Ferreira – jornalista
Armando Freitas Filho - poeta
Beth Carvalho - cantora
Beth Formaggini - cineasta
Carlos Augusto Brandão - crítico de cinema
Carlos Brandão
Celso Frateschi – ator e diretor
Chico Cesar – cantor e compositor
Chico Diaz – ator
Claudia Furiati - historiadora e escritora
Cláudio Baltar - diretor
Cristina Buarque de Hollanda - cantora
Daniel Sroulevich - produtor cultural
Daniel Souza - designer e empresário
Dau Bastos
Débora Duboc - atriz
Dira Paes - atriz
Domingos de Oliveira – diretor teatral, cineasta
Edgar Vasques - cartunista
Ednardo – cantor
Eduardo A. Russo - crítico de cinema
Eduardo Figueiredo - produtor teatral
Eric Nepomuceno – jornalista e escritor
Eryk Rocha - cineasta
Felipe Radicetti - compositor
Geraldo Moraes - cineasta
Geraldo Sarno – cineasta
Helena Sroulevich – produtora cultural
Helvécio Ratton - cineasta
Hermano Figueiredo - cineasta e cineclubista
Hugo Carvana – ator e cineasta
Janaina Diniz - cineasta
Jesus Chediak – cineasta e produtor cultural
João Bosco – cantor e compositor
João Carlos Couto - dramaturgo e produtor teatral
Joel Pizzini - cineasta
Jorge Furtado - cineasta
José Joffily – cineasta
José Roberto Filippelli
Karen Acioly – diretora teatral
Leopoldo Nunes - cineasta e agente cultural
Lucélia Santos - atriz
Lucia Murat – cineasta
Lúcia Rocha - curadora do Tempo Glauber
Lucília Garcez - escritora
Lucy Barreto - produtora
Luiz Antonio de Assis Brasil - escritor
Luiz Carlos Barreto - produtor
Luiz F. Taranto - jornalista e cineasta
Luiz Fernando Lobo - diretor artístico e ator
Luiz Fernando Lobo – diretor teatral
Manfredo Caldas - cineasta
Marcelo Laffitte - cineasta
Marcos Souza – músico e jornalista
Mariana Lima - atriz
Marieta Severo - atriz
Marília Alvim - cineasta
Mario Prata - escritor e dramaturgo
Marquinhos de Oswaldo Cruz
Maurice Capovilla – cineasta
Maurício Machado - ator
Miguel Paiva – escritor e humorista
Miúcha - cantora
Monarco - compositor
Monique Gardenberg - cineasta e diretora de teatro
Murilo Salles - cineasta
Nelson Sargento - compositor
Nei Lopes – compositor e escritor
Noilton Nunes - cineasta
Orã Figueiredo – ator
Otto - cantor e compositor
Paloma Rocha - cineasta
Paula Gaitán - cineasta e artista plástica
Paulo Betti - ator
Paulo Halm – roteirista e cineasta
Pedro Cardoso - ator
Raquel Karro – atriz
Ricardo Cota - Secretário de Comunicação do Governo do RJ
Ricardo Cravo Albin – jornalista, historiador e pesquisador da MPB
Ricardo Gontijo – jornalista
Roberto Berliner - cineasta
Roberto Gervitz - cineasta
Roberval Duarte - cineasta e produtor cultural
Rodrigo Targino - cineasta
Rogério Correa - cineasta
Rosa d`Aguiar Furtado – jornalista, tradutora (viúva de Celso Furtado)
Rosemary – cantora
Rosemberg Cariry - cineasta
Rubens Rewald
Ruth Rocha – escritora
Ruy Guerra - cineasta
Sandra Werneck - cineasta
Sara Rocha - produtora de cinema
Sérgio Sá Leitão - cineasta e administrador público
Silvia Buarque de Hollanda - atriz
Silviano Santiago – escritor
Sylvia Moreira - arquiteta, cenógrafa
Tata Amaral - cineasta
Tia Surica -sambista
Toni Venturi - cineasta
Tuca Moraes – atriz e produtura
Vania Cattani - cineasta
Vicente Amorim - cineasta
Vinícius Reis - cineasta
Vladimir Carvalho – cineasta
Wagner Tiso - músico
Walter Carvalho - cineasta
Walter Lima Júnior - cineasta
Wolney Oliveira – cineasta
Ziraldo – desenhista, escritor, pintor
Frei Betto
Emir Sader
Álvaro Caldas - jornalista
Ricardo Gontijo – jornalista
Regina Zappa – jornalista e escritora
Padre Ricardo Rezende
Paulo Sergio Niemeyer
Vera Niemeyer
Tulio Mariante - designer
Fonte: Brasil de Fato, 15 de outubro de 2010

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

ESTADO DA ALMA

Agradecimento
Silêncio
Ausência
Vazio
Saudade
Deserto
Conforto
Esperança
...
 
Isaias Bucco - Eponina S. Bucco _ Sergio Bucco 
(1959)

Salmo 90.9-12
9 Pois todos os nossos dias se passam na tua ira; acabam-se os nossos anos como um breve pensamento.
10 Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos.
11 Quem conhece o poder da tua ira? E a tua cólera, segundo o temor que te é devido?
12 Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio.


Salmos 30.3-6
3 Esbraseou-se-me no peito o coração; enquanto eu meditava, ateou-se o fogo; então, disse eu com a própria língua:
4 Dá-me a conhecer, SENHOR, o meu fim e qual a soma dos meus dias, para que eu reconheça a minha fragilidade.
5 Deste aos meus dias o comprimento de alguns palmos; à tua presença, o prazo da minha vida é nada. Na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é pura vaidade.
6 Com efeito, passa o homem como uma sombra; em vão se inquieta; amontoa tesouros e não sabe quem os levará.
7 E eu, Senhor, que espero? Tu és a minha esperança.

Isaias 40.6-8
6 Uma voz diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda a carne é erva e toda a sua beleza como a flor do campo.
7  Seca-se a erva, e cai a flor, soprando nela o Espírito do SENHOR. Na verdade o povo é erva.
8  Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.
Isaias & Eponina
(Julho de 2010)

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

MENSAGEM DE AGRADECIMENTO DA FAMÍLIA BUCCO DE CANDÓI POR OCASIÃO DA MORTE DE SEU PAI

Isaias Bucco, nosso pai, foi atendido com toda a presteza e tecnologias ao alcance das mãos de enfermeiras/os e dos médicos, dia 11.10.10, nos Hospitais Santa Tereza e São Vicente de Paula, em Guarapuava/PR. Mas entrou em óbito às 14h20min.

Nós, a Família do Sr. Isaias Bucco, os oito filhos e filhas, constituida por pessoas bem diferentes umas das outras, sempre encontramos em nossa mãe, que está conosco, e em nosso pai, recolhido na glória do Senhor, um ponto de referência, um fator de unidade, um exemplo de fé, de luta, de superação e de vida.
Muitos foram os momentos em que nós enfrentamos dificuldades, desafios, problemas, mas nosso pai, com o apoio constante de nossa mãe, nunca desanimou, nunca capitulou nem abandonou seu compromisso de esposo, companheiro e genitor desta grande família, hoje multiplicada em diversas outras famílias, através de seus genros e noras, netos e bisnetos.
Deste casal que nos criou e educou recebemos os exemplos de amor, honestidade, solidariedade, cidadania e fé cristã. Sua memória muito nos honra em todos os sentidos!
E agora, neste momento em que nos envolve a todos e a todas um profundo sentimento de ausência e dor, gostaríamos de agradecer a grande rotatividade  de visitas de pessoas conhecidas, amigas, companheiras, irmãs e familiares que vieram até nós.
E tanto quanto as pessoas procuraram nos dizer, com suas presenças e palavras, mensagens de apoio e conforto, também nós, mesmo não encontarndo as palavras certas para agradecê-los e agradecê-las, damos graças a Deus por cada um e cada uma e pedimos que ele derrame sua graça sobre todos e todas, que de perto e de longe, estiveram conosco. Agradecemos também as muitas ligações, mensagens e e-mails enviados!

domingo, 10 de outubro de 2010

PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA


O Governo Lula é acusado de "alimentar vagabundos". Pois bem, é preciso conhecer a História para não falar bobagem. No início dos anos 90 havia um movimento que clamava pelo fim da fome no Brasil e no Mundo. Betinho teve o mérito de pensar alguma solução vinda da sociedade para minimizar a fome de 50 milhões de brasileiros que viviam abaixo da linha da pobreza. Organizou uma entidade governamental, o Conselho Nacional de Segurança Alimentar (1993) e uma não governamental, a Ação da cidadania Contra a Fome, a Miséria e pela Vida. Poderíamos afirmar, sem desmerecê-lo, que seu trabalho veio na linha do desleixo histórico do Estado que sempre confiou os desvalidos sociais aos cuidados da sociedade civil (através da igreja), conforme estudo de Dorighello (2005). As políticas de assistência social eram pensadas como amparo aos desamparados e desvalidos da sociedade, conforme Sposati (1997, p. 11) ratifica essas afirmações, ao garantir que a “política social e pobreza são tomadas como irmãs siamesas. Consequentemente, as políticas sociais são transformadas em ações com caráter circunstancial e precárias, pois são dirigidas aos que menos têm”. 
 E Lula, no início do seu primeiro mandato (2003-2006), criou o Fome Zero e ligado a este o Programa de Transferência de Renda Mínima Bolsa Famíla, unificando os programas remanescentes da era FHC, como Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Programa Auxílio Gás, PETI e PNAA, dando mais universalidade ao acesso das camadas sociais abaixo da linha de pobreza ou em extrema miséria. Esta política de Estado é uma forma de transferência de renda, dentro da visão da social democracia mundial e suas "políticas compensatórias", o que vem ao encontro do Neoliberalismo capitalista que prega o Estado Mínimo. Como afirma Netto (1993, p. 81) sobre apolítica neoliberal: “Estado mínimo pode viabilizar o que foi bloqueado pelo desenvolvimento da democracia política – o Estado máximo para o capital”.
Para além destes pontos, tem algumas questões práticos no que tange à distribuição de renda. Historicamente os ricos sempre tiveram no Estado um parceiro para financiar seus projetos, seus privilégios e benesses. (De certo é por isso que candidatos se esforçam tanto para chegar ao poder comprando votos, como temos sabido, aqui  em Candói que alguns postos de combustíveis quase não têm visto dinheiro nestes dias passados, apenas "VALE COMBUSTÍVEL". O Estado sempre foi uma vaca leiteira e generosa com a classe rica!). E depois de 500 anos em que grande parcela da sociedade foi jogada e esquecida na marginalidade, sem Pão (alimento), sem Saúde, sem Roupa, sem Teto, sem Terra, sem Educação, sem Lazer, sem nada, um programa como o Bolsa Família é uma forma de minimizar esta chaga social... É um início de solução, antes que uma convulsão social tire o sossego da elite, dos ricos, dos bem nascidos, abençoados por Deus, enquanto aqueles desafortunados não foram nem lembrados por Ele nem por ninguém!
____________________
Referências
DORIGHELLO, Tatiane Luvizotto. Programa Tenda Mínima de Londrina/PR: Avaliação das Beneficiárias dos jardins João Turquino e Maracanã sobre as reuniões socieducativas e demais contrapartidas. Trabalho de Conclusão de Curso (graduação em Serviço Social) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2005.
NETTO, José Paulo. Crise do Socialismo e ofensiva neoliberal. Coleção Questões na Nossa Época. Nº 20. Ed. Cortez, São Paulo, 1993.
SPOSATI, Aldaíza. O primeiro ano do Sistema Único de Assistência Social IN: Revista Quadrimestral de Serviço Social. ANO XXVII – nº 87. São Paulo: Ed. Cortez, set/2006.

sábado, 9 de outubro de 2010

CHEGA DE ARMAÇÕES, FUTRICOS, CALÚNIAS, APÊLO EMOCIONAL E RELIGIOSO E DIFAMAÇÕES DEMOTUCANALHAS CONTRA DILMA E AS MULHERES DO BR!!!

 Se a hora é de debate político, de se conhecer não só as/os candidatas/os, mas suas propostas, suas intenções e os meios para administrar a diversa e rica sociedade brasileira, com suas demandas específicas e gerais, por que o segmento demotucano criou uma indústria de armações, fofocas, calúnias e difamações? Até aqui nenhuma novidade, pois no século passado e neste fizeram a mesma coisa com o Luiz Inácio!
Será porque eles não tem propostas para governar o Brasil e sua intenção é somente chegar ao poder e terminar de dilapidar nossos recursos, vender o Brasil para o estrangeiro e não prestar conta do dinheiro...? Alías, aos brasileiros/as conscientes, não interessa dinheiro, mas que nossa Pátria seja respeitada juntamente com a Nação brasileira! E enquanto isto têm procurado desviar a atenção dos eleitores com mentiras?
Sem querer apelar, mas têm "cristãos" (sacerdotes e pastores) misturando as coisas de forma caluniosa. E pior, sem conhecimento de causa, apenas na base da má fé, à base de interesses escusos, se prestando a produzir materiais e vídeos carregados de mentiras.
Consideramos plenamente justo que os segmentos queiram defender suas espiritualidades, seus direitos (como o de culto, suas obras espirituais e sociais), suas cidadanias, com todo o respeito que merecem, mas entrar nesta onda de puxar o tapete é injusto...
E sem querer apelar de novo, mas na condição de cristão, entendo que semear o mal (Gálatas 6.7) não é justo, espalhar mentiras é diabólico (João 8.44), sendo que o mestre Jesus Cristo ensinou e deu outro exemplo bem diferente (Mateus 7.14).
Em todo caso não estamos nos dirigindo só a cristãos/ãs! Aqui levamos em conta outros segmentos que professam outras religiões ou não professam nehuma fé. E a pior situação, destacamos aqueles cujo escopo de vida é apenas o poder, o prazer e a riqueza! Parece que a estes interessam apenas o "poder pelo poder" e o "vale tudo"! Não têm Valores humanos, não têm  Ética, não têm princípios de Justiça, não têm a base da Cidadania, não querem saber de Democracia, não respeitam nada e ninguém!
Admitimos que neste embrólio todo estão sendo enredadas pessoas inocentes, com fontes de informações duvidosas, envolvidas de graça!
Basta! Chega! Deixemos de dar atenção, de gastar nosso sagrado tempo, de usar nossas inteligências e de despender nossa energia nas podridões que os ratos de esgoto estão trazendo do submundo... de onde determinados políticos pousam de bons moços!!! Vamos conversar com as pessoas, com os eleitores, com as cidadãs e cidadãos, vamos ouví-las/os e vamos respeitar suas orientações ou suas decisões políticas! Assim como a esperança venceu o medo das calúnias e difamações vindas da "direita raivosa", do mesmo modo a verdade há de vencer as suas mentiras! Se comportar de forma machista, ser grosseiro, ser sarcástico e desrrespeitar as mulheres é coisa de tucanalha!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

COMPILAÇÃO DOS E-MAILS FALSOS CONTRA DILMA ROUSSEFF E RESPECTIVOS DESMENTIDOS

 A hora é de fazer debate político, não de apelo moral e muito menos é hora de espalhar mentiras!
Afinal, isto aqui é um palhativo! Para facilitar a divulgação nestas semanas de campanha, recebi uma compilação dos e-mails falsos que circulam nesta campanha sobre Dilma Rousseff e seus respectivos desmentidos. Cada link remete ao leitor ao texto em questão com difamações da candidata do PT. Divulguem! É importante, pois quem quer ganhar as eleições não pode ficar inventando mentiras para iludir o eleitor:

A morte de Mário Kosel Filho:

A Ficha Falsa de Dilma Rousseff na ditadura

O porteiro que desistiu de trabalhar para receber o Bolsa-Família http://migre.me/1pfEJ

Marília Gabriela desmente email falso

Dilma não pode entrar nos Estados Unidos

Foto de Dilma ao lado de um fuzíl é uma montagem barata http://migre.me/1pfWn

Lula/Dilma sucatearam a classe média (B) em 8 anos: http://migre.me/1pfYg

Email de Dora Kramer sobre Arnaldo Jabor é montagem http://migre.me/1pfZH

Matéria sobre Dilma em jornais canadenses é falsa: http://migre.me/1pg1t

Declarações de Dilma sobre Jesus Cristo – mais um email falso: http://migre.me/1pg2F

Fraude nas urnas com chip chinês – falsidade que beira o ridículo: http://migre.me/1pg58

Vídeo de Hugo Chaves pedindo votos a Dilma é falso:

Matéria sobre amante lésbica de Dilma é invenção: http://migre.me/1pg7p

"Estou começando a me chatear tanto com os emails falsos como com os desmentidos que são tão reacionários e conservadores quanto os chamados mentirosos. Sinceramente o tempo que estou gastando na frente do computador reenviando emails eu deveria estar nas Igrejas conversando com os "cristãos"... ou no Bar???"
(Rose Gomes, no Facebook)
Amiga, quais "cristãos"? Se forem aqueles que vivem mentindo, João 8.44 para eles!!! Isto se ainda eles conhecem um livro chamado Bíblia...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

RESULTADOS DAS ELEIÇÕES 1º TURNO EM CANDÓI - 2010

Presidente 
Número      Candidato                  Votos       % válidos
13                DILMA                       4998          60.24%
45                JOSÉ SERRA             2796          33.7%
43                MARINA SILVA           398            4.8%
50                PLÍNIO                          90            1.08%
28                LEVY FIDELIX                 5            0.06%
27                EYMAEL                           5            0.06%
16                ZÉ MARIA                        3            0.04%
21                IVAN PINHEIRO             2            0.02%

                       Votos         % válidos          
NULO             166               1.87%
BRANCOS      392               4.43%


Governador

Número     Candidato                 Votos      % válidos  
12               OSMAR DIAS             5226       65.02%           
45               BETO RICHA              2765       34.4%
43               PAULO SALAMUNI       25           0.31%
21               AMADEU FELIPE           11          0.14%
50               LUIZ F. BERGMANN      6            6.07%
16               AVANILSON                   5            0.06%

                            Votos           % válidos
BRANCOS           265                2.99%
NULOS                 552               6.23%

As Eleitoras e Eleitores de Candói deram sua mensagem de forma inequívoca! É só ter a capacidade de entender! Afinal "o Povo não tem sangue de barata" e "a dor ensina gemer"!
"Pode-se enganar a todos por algum tempo. Pode-se enganar alguns por todo o tempo. Mas não se pode enganar a todos todo o tempo..." (Abraham Lincoln)

CATÓLICOS CONDENAM PERSEGUIÇÃO CONTRA PT E DILMA

O jornal Valor Econômico revelou em sua edição de segunda-feira que alas minoritárias da Igreja Católica têm desrespeitado a orientação da Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) ao pregarem vetos a nomes de políticos e de partidos nas eleições deste ano.

Segundo a reportagem, padres de São Paulo têm feito sermões contra o voto em candidatos do PT e em especial contra a candidata a presidente pela coligação Para o Brasil Seguir Mudando, Dilma Rousseff. A campanha desautorizada pela CNBB se baseia em informações mentirosas de que a petista é a favor do aborto.

Em inúmeras oportunidades, Dilma afirmou seu respeito pela vida e que disse que é pessoalmente contra o aborto, porque o considera uma violência contra a mulher. Em recente encontro com as lideranças cristãs em Brasília, Dilma foi ainda mais clara: "Não sou a favor de um plebiscito porque ele dividiria a nação entre aqueles que defendem e aqueles que são contra o aborto. A legislação existente hoje pacifica todas as posições. Eu sou contra mudar a lei", enfatizou.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O TEMPO DOS CORONÉIS

A História do Brasil nos legou uma página política que está na memória escrita da cultura brasileira, conhecida como coronelismo, período que foi de 1889 (Proclamação da República) a 1930 (início da era Vargas). Naquele tempo os coronéis eram os chefes regionais que comandavam e decidiam os rumos das eleições locais e regionais. Estes eram compostos por grandes proprietários de terra, comerciantes, religiosos, industriais e profissionais liberais, dentre outros.
 E entre os coronéis e os eleitores estavam os capangas (às vezes jagunços ou pistoleiros), que exerciam o controle através do "voto de cabresto". "Pois na República Velha, o sistema eleitoral era muito frágil e fácil de ser manipulado. Os coronéis compravam votos para seus candidatos ou trocavam votos por bens matérias (pares de sapatos, óculos, alimentos, etc). Como o voto era aberto, os coronéis mandavam capangas para os locais de votação, com objetivo de intimidar os eleitores e ganhar votos. As regiões controladas politicamente pelos coronéis eram conhecidas como currais eleitorais"¹.
Os municípios eram então chamados de "currais eleitorais". O curral é o lugar onde o gado ou a manada fica confinada nas fazendas ou propriedades rurais. De modo que, em sentido figurado, os eleitores eram considerados o gado ou a manada de burros. Por isso se dizia que o voto era o "voto de cabresto", pois os eleitores eram obrigados a votar nos candidatos apoiados ou indicados pelo coronel aos cargos políticos ou para o próprio coronel. Cabresto é o acesório usado na cabeça dos animais de montaria ou para controle dos animais... 
Passados quase 100 anos ainda persistem algumas práticas herdadas da cultura coronelista, caciquista, caudilhista..., como o voto sob pressão, o voto de cabresto, o curral eleitoral, a corrupção eleitoral, as vendas e compras de votos, o abuso do poderio econômico, o tráfico de influência, os cargos de confiança ou comissionados. O "coroné" ou os coronéis e os capangas atualmente têm outras caras, mas continuam existindo e agindo entre nós, indo inclusive na calada da noite até as casas dos pobres entregar cestas básicas para comprar seus votos! Inda bem que existem pobres, necessitados, que têm dignidade e amor próprio e não estão a venda uma vez a cada dois anos!
De outro modo o sistema está montado, através da mídia, para que o Povo seja crédulo no que ela diz, de forma acrítica, de modo que ele creia em tudo e do jeito que ela apresenta a realidade, ora como o caos, a bagunça, a desordem, diante da qual não se pode fazer nada. Outras vezes a mídia dá seu receituário pronto para que o Povo tome e resolva todos os seus problemas, através de seu pacote terapêutico fechado. Aliás, a própria Educação tem servido para a perpetuação deste quadro de desgraça política e social. Enquanto historiadores e cientistas sociais temos que despender um esforço hercúleo para fazer o 'contra pêlo da história', para ajudar o Povo derrubar o véu que encobre a realidade nua, crua e cruel!!!
_________________________
Fonte: