quarta-feira, 6 de outubro de 2010

CATÓLICOS CONDENAM PERSEGUIÇÃO CONTRA PT E DILMA

O jornal Valor Econômico revelou em sua edição de segunda-feira que alas minoritárias da Igreja Católica têm desrespeitado a orientação da Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) ao pregarem vetos a nomes de políticos e de partidos nas eleições deste ano.

Segundo a reportagem, padres de São Paulo têm feito sermões contra o voto em candidatos do PT e em especial contra a candidata a presidente pela coligação Para o Brasil Seguir Mudando, Dilma Rousseff. A campanha desautorizada pela CNBB se baseia em informações mentirosas de que a petista é a favor do aborto.

Em inúmeras oportunidades, Dilma afirmou seu respeito pela vida e que disse que é pessoalmente contra o aborto, porque o considera uma violência contra a mulher. Em recente encontro com as lideranças cristãs em Brasília, Dilma foi ainda mais clara: "Não sou a favor de um plebiscito porque ele dividiria a nação entre aqueles que defendem e aqueles que são contra o aborto. A legislação existente hoje pacifica todas as posições. Eu sou contra mudar a lei", enfatizou.

2 comentários:

Fernando Lucchesi disse...

Ola Sérgio! Como vai?
É... Tsc tsc tsc... É o que acontece quando se mistura religião com qualquer outra coisa. Ou quando se da poder para alguém despreparado, como por exemplo estes "padres" que se acham na posição de piqueteiros a favor de suas crenças. Embora eu não veja problema nenhum em plesbiscitos, afinal, a função deles não é dividir e ratificar a opinião do povo a respeito de um assunto? rs...

Grande abraço!

SERGIO BUCCO disse...

E o pior é que alguém de má fé não entendeu o que é o PNDH3, resultado das Conferências Nacionais dos diferentes setores da sociedade civil, que hoje está no Congresso Nacional, que não tem a ver diretamente com Lula, com PT, com Dilma. Foram sujeitos de má fé que agiram atendendo a interesses escusos da direitosa, procuraram explorar a fé de alguns quantos desavisados e desinformados, que é o que não nos falta por este Brasil afora...
O que move muitos religiosos nem é o zelo pela fé, pela "obra de Deus", mas seus interesses mesquinhos e menores!
Mas esta onda podre há de passar e o direito à informação há de prevalecer!
Blza! Obrigado, caro, por interagir!