quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Plebiscito pelo limite da terra

Entre 1 e 7 de setembro o Fórum Nacional da Reforma Agrária e Justiça no Campo promoverá, em todo o Brasil, o plebiscito pelo limite da propriedade rural. Mais de 50 entidades que integram o Fórum farão da Semana da Pátria e do Grito dos Excluídos, celebrado todo 7 de setembro, um momento de clamor pela reforma fundiária em nosso país.
Vivem hoje na zona rural brasileira cerca de 30 milhões de pessoas, pouco mais de 16% da população do país. O Brasil apresenta um dos maiores índices de concentração fundiária do mundo: quase 50% das propriedades rurais têm menos de 10 ha (hectares) e ocupam apenas 2,36% da área do país. E menos de 1% das propriedades rurais (46.911) têm área acima de 1 mil ha cada e ocupam 44% do território (IBGE 2006).
As propriedades com mais de 2.500 ha são apenas 15.012 e ocupam 98,5 milhões de ha: 28 milhões de hectares a mais do que quase 4,5 milhões de propriedades rurais com menos de 100 ha.
Diante deste quadro de grave desigualdade, não se pode admitir que imensas propriedades rurais possam pertencer a um único dono, impedindo o acesso democrático à terra, que é um bem natural, coletivo, porém limitado.
Extraido da coluna: Frei Beto. Para ler toda a matéria acesse AQUI.

3 comentários:

Fernando Lucchesi disse...

Nesse ponto sou a favor de MST que por assim dizer "invade" terras. Creio que propriedades de marajás, usadas para um passeio de fim de semana devem ser esquadrinhadas SIM e divididas de maneira que possam se tornar produtivas, gerando avanço econômico e desenvolvimento humano de maneira sustentável e DIGNA neste país.

Um grande Abraço...

SERGIO BUCCO disse...

Obrigado, caro Fernando!
Tua escrita só vem trazer mais compreensão para a questão!
Estamos juntos nesta! Que bom! Vamos participar do Plebiscito Popular.
Grande fds e abração!

Fernando Lucchesi disse...

Bom dia.
Sergio, o meu e-mail é:
fernandolvf2.0@hotmail.com

Grande Abraço.